Íamos às Camarinhas

Uma vez eu estava com outras moças, éramos um grupinho de amigas, e dissemos “vamos às camarinhas?” Sim, está bem. E lá fomos nós passear, passámos o farol de Sines e chegámos ao sítio onde havia camarinhas.

Começámos a comer e estivemos ali um bocado a comer. Uma delas comeu muitas, muitas camarinhas mesmo. E ficou com dores de barriga. Comer muitas camarinhas faz prisão de ventre. Ela estava aflita e eu disse “vamos pedir ajuda à minha mãe”. A minha mãe foi logo buscar o clister, pôs um pinguinho de azeite na ponta do pipo e lá resolveu o problema da moça. Isto foi por volta de 1938 ou 1939.


Warning: Use of undefined constant wpurl - assumed 'wpurl' (this will throw an Error in a future version of PHP) in /home/patiodasmemorias/public_html/wp-content/themes/bridge-child/templates/portfolio-loop.php on line 284
Íamos às Camarinhas

Av. da Costa do Norte, 7520 Sines, Portugal

Recolha
Enésia, Sines, 2015
Local e data reportados
Sines, farol, Cabo de Sines, Costa Norte, 1938-39
Categoria
Terra e Mar
O projeto do Pátio das Memórias do Alentejo Litoral é uma teia que se vai tecendo e nunca está completa. Junte-se a este projeto e contribua com as suas histórias e memórias para um retrato ainda mais nítido desta região do Alentejo.